Muito ajuda quem não atrapalha.

Posted on 29 de abril de 2013

0


Mais postagens. Mais números mentirosos. Mais desespero. Esse é o grupelho e essa é sua técnica para tentar frear a sucessiva onda de resolução de conflitos que vem se desenrolando pelos tribunais.

Se continuar assim, a cada acordo que conseguirmos fechar, o grupelho vai fazer um mutirão, passando de casa em casa para tentar nos convencer do contrário. Parecem não querer deixar-nos tomar livres decisões e iniciativas por conta própria. Desejam, como é desde o começo, que nos comportamos como um rebanho que faz o que eles ordenam – ou melhor, sugerem: “não faça acordos”, “não facilite”, “não desista dos processos”, “leve a batalha judicial adiante”.

Tudo isso por qual motivo? A real intenção do grupelho nós já expusemos antes aqui. Eles dizem se preocupar com nosso dinheiro. Balela. Sabemos que é por conta das empreitadas jurídicas milionárias e do grupelho comissionado. O raciocínio é simples: quanto mais cooperados houver, maior é a comissão paga aos advogados para fazer manutenção do processo, e sendo assim, maior o repasse ao grupelho. É aquela velha piada do filho advogado recém-formado que começa a trabalhar no escritório do pai e fala orgulhoso “Pai, sabe aquele processo que o senhor arrastava há 20 anos? Consegui fazer um acordo e o juiz homologou”, no que o pai desmerece o filho alegando “Porque fez isso, moleque? Esse processo tem sido a fonte de renda da nossa família há 20 anos”.

Num texto do fórum publicado recentemente pode-se ler com frequência palavras que incitam os cooperados a fazer o que ordenam sugerem; uma verdadeira tentativa de lavagem cerebral nos leitores. Detalhe que, se tivéssemos começado a fazer acordos há anos, a pendenga toda já estaria resolvida; todos estaríamos morando, e de quebra não teríamos enriquecido meia dúzia de gente macomunada com os advogados que ficam nos enrolando.

Talvez tenha chego a hora do filho recém-formado fazer um acordo e acabar com a sua fonte de renda aparentemente sem fim. Já era hora de abrir os olhos e resolver os problemas. O que o grupelho fez até agora foi muito mimimi pra pouca solução.

Anúncios
Marcado: ,
Posted in: Jurídico