Enganando os cooperados

Posted on 14 de março de 2013

0


Atenção! Circula mais uma mensagem do grupelho com intenção de enganar os cooperados! Dessa vez eles estão tentando angariar clientes no empreendimento Torres da Mooca para mais uma jornada sem fim no Judiciário.

No QG do grupelho alegam que o estoque (ativo) é dos cooperados. Isso não é mentira. Isso é possível. Perfeitamente possível. Por sinal, já foi feito algo nesse sentido no empreendimento Vila Clementino. Enganar é dizer que SÓ o estoque é dos cooperados.

No Clementino havia decisão que foi “descartada” em prol do acordo.

Sendo assim, foi criado um condomínio de construção, pelo qual os cooperados assumiram TODAS as responsabilidades e obrigações do empreendimento. Feito isso, foi fechado um acordo com a Bancoop, resolvendo o problema em um tempo muito menor (e com menos dinheiro) do que se fosse manter o processo – e rechear o bolso dos advogados com honorários (e, claro, do cara que recebe comissões pela manutenção das ações).

A posição do Judiciário é bem clara: quem assume o ativo, deve assumir ações judiciais, dívidas, devolução de haveres de cooperados que desistiram de suas unidades e etc. Ou seja, quem fica com o “bônus”, deve arcar com ônus.

No Torres da Mooca, o processo movido pelos cooperados foi julgado improcedente. Mas, o fato é que, no caso de uma batalha judicial, ambas as partes perdem. Justamente por isso é importante saber que o acordo é SEMPRE a melhor saída.

O “jurídico do grupelho” tenta convencer alguns cooperados de que a batalha judicial é a melhor saída, sendo que na verdade não é. Coloque na ponta do lápis e você verá que os advogados ganham uma enorme quantia de dinheiro com os processos da Bancoop. É por isso que eles querem continuar com a saga de processos sem fim, que se arrasta por longos anos pela justiça.

É perfeitamente possível manter o estoque, contanto que todo o resto também se transfira. Então não dê ouvido a meias-verdades. As construtoras que assumem o empreendimento não ficam apenas com o “filé mignon”, precisam também roer o osso!

Anúncios