ANÁLIA FRANCO e CASA VERDE – Boas notícias para os cooperados

Posted on 13 de fevereiro de 2013

2


ANÁLIA FRANCO

Anulada decisão que determinava entrega de escrituras

Ruiu o argumento da conquista da escritura por cooperados que estão em posse das unidades em empreendimentos inacabados. Tem um grupelho do Anália que pensa individualmente, mas a Justiça decidiu que a solução deve levar em conta o conjunto. Já que o grupelho não teve interesse em divulgar essa notícia, tomamos a iniciativa.

O link original está aqui, mas transcrevemos ao pé da letra a ótima notícia pros cooperados que não são vitimizados pelo grupelho.

Antes de qualquer decisão, Tribunal de Justiça quer que sejam analisados pedidos dos cooperados que ainda não estão em posse de suas unidades

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo anulou decisão de Primeira Instância que determinava a entrega dos termos de quitação e a liberação das escrituras a um grupo de cooperados da seccional Anália Franco. Segundo nova decisão, antes de nova sentença, o Juiz de Primeira Instância tem que analisar com cautela os pleitos e a situação dos cooperados que ainda não estão em posse de suas unidades, visto que a execução afeta todos os cooperados e não apenas aqueles que querem outorgar a escritura de seus imóveis.

No Anália Franco já foram aprovados diversos acordos. Em Assembleia Seccional, os cooperados aprovaram a cobrança do aporte para reforço de caixa e continuidade das obras pela própria Bancoop. Posteriormente, em reunião realizada entre os próprios cooperados, a maioria aprovou a transferência do empreendimento para uma construtora. Há um grupo, formado majoritariamente por cooperados que já estão em posse de suas unidades, que não acatou nenhuma das decisões da maioria.

A solução precisa ser coletiva, não pode beneficiar uns em detrimento de outros. Os cooperados precisam se unir para analisar a situação e abrir o diálogo com a cooperativa em busca de uma solução.

CASA VERDE

Cooperados aprovam acordo para conclusão das obras

Com os acordos realizados pela Bancoop, o grupelho do contra, que já era minoria entre os cooperados, está cada vez menor. Dizem por aí que não enche uma Kombi. Para se ter uma ideia, circula pela internet uma mensagem do próprio grupelho dizendo que conseguiu reunir somente oito cooperados do Casa Verde. Por lá, mais um acordo foi aprovado pelos cooperados, para que as obras possam ser concluídas. Veja aqui ou leia abaixo.

Mais da metade já fez sua adesão individual

Em Assembleia Seccional realizada no dia 28 de janeiro, os cooperados da seccional Residencial Casa Verde aprovaram o acordo para transferência do empreendimento para a construtora OAS. O acordo já havia sido aprovado em assembleia da Associação dos Adquirentes de Apartamentos do Condomínio Residencial Casa Verde, realizada no próprio condomínio. Pelo acordo, caberá à OAS a conclusão das obras no empreendimento.

Além da aprovação do acordo nas duas assembleias, os cooperados ainda precisam dar o aval pessoal ao assinarem a adesão com a construtora e o termo de acordo com a Bancoop.

Mais da metade deles já fizeram suas adesões à proposta da OAS. Aqueles que ainda não aderiram devem entrar em contato com os representantes da construtora pelo e-mail atendimento@csmv.com.br ou pelo telefone (11) 2337-6640, das 13h30 às 18h.

Para assinar o termo de acordo com a Bancoop, os cooperados devem entrar em contato com nossa Central de Informações (CIN) pelo telefone (11) 3188-5331 ou pelo e-mail cinbancoop@gmail.com e agendar o atendimento.

Anúncios