Troféu Algema de Ouro: sensacionalismo, farsas e uma visão mais crítica do tal “prêmio”

Posted on 28 de janeiro de 2013

0


Notícias dão conta de que em outubro do ano passado o Facebook tinha 61 milhões de usuários no Brasil.

Segundo os “promotores” de um concurso, Lula teve 14.547 votos… Algo como 0,023% do total de usuários. Ou seja: 1 em cada 4.193 usuários do Facebook no Brasil acha que Lula é o mais corrupto político brasileiro.

Quem organiza essas enquetes e troféus é um tal de Altamir Tojal, um “jornalista” ligado ao PSDB e ao Instituto Millenium, um antro obscuro mantido pelas Organizações Globo, Folha, Estadão e Editora Abril, o tal do G.A.F.E.

Foi constatado que esse farsante estava utilizando um sistema de robot que cria perfis falsos no Facebook e participam da “enquete”.

Em troca de ver publicado os artigos que escreve, ele presta vassalagem para esses jornais e para os tucanos que infestam este País. E a choldra ignara embarca nessas farsas bovinamente. Principalmente o tal do Movimento 31 de Julho, outro antro de farsantes que se apresenta como laicos e apartidários. Imagine se não fosse.

Eis a explicação para todos veículos da velha mídia terem noticiado a palhaçada do tal troféu.

Nessa palhaçada aí do Facebook, pelo menos, apareceram mais gatos-pingados do que a realizada no MASP, em São Paulo, também para chamar o Lula de ladrão, onde compareceram, pasmem, 20 (yes, vinte) pessoas que se deixam encabrestar pelos safados.

E, é claro, existem os jornalecos de esquina, aqueles que são dados de troco nas bancas de jornais, que publicam essas palhaçadas com grande destaque.

Esses infelizes todos vão aguentar o PT por muito tempo. Para eles, nada como o bom e velho provérbio árabe: “Os cães ladram e a caravana passa”.

Anúncios