Só falta o Estadão declarar novamente apoio à SERRA

Posted on 15 de agosto de 2012

0


 

Saiu hoje no Estadão uma reportagem falando sobre a ‘seca’ que os tesoureiros dos partidos políticos têm enfrentado nas arrecadações para as campanhas eleitorais na cidade de São Paulo. Como sempre fazem, criaram uma forma de atacar o PT de Haddad e, mais uma vez, o alvo foi João Vaccari Neto, o tesoureiro nacional do PT.

A reportagem diz que as cinco principais campanhas políticas da capital teriam arrecadado apenas 1,6% do total estabelecido como teto de gastos. E pra justificar a dificuldade nas arrecadações, o jornal supôs que os empresários estariam assustados com o julgamento do mensalão e, na sequência, já fez uma daquelas costumeiras ligações sem pé nem cabeça que visam arranhar a imagem e credibilidade do PT nas eleições.

Começaram a deturpação de fatos com o termo “O PT se socorre no tesoureiro do diretório nacional, João Vaccari, arrecadador da campanha da presidente Dilma Roussef em 2010”. Como sempre, baseiam suas afirmações na informação de “algum petista” que nunca tem a identidade revelada.

Omissões do Estadão

Sobre João Vaccari Neto e a BANCOOP, é importante ressaltar o que o jornal faz questão de omitir – Recentemente a Justiça negou o pedido de intervenção na cooperativa, a decisão foi embasada na ausência de provas inequívocas contra a diretoria.  Outra decisão importante que respalda as boas medidas administrativas adotadas na gestão de João Vacari Neto como presidente da cooperativa é a homologação definitiva do Acordo Judicial entre a BANCOOP e o Ministério Público. O ex-presidente da BANCOOP sempre esteve à disposição da Justiça e da Imprensa para prestar esclarecimentos. Até hoje as acusações feitas pelo promotor José Carlos Blat não foram comprovadas.

Do Mister Big ninguém fala

Por que o Estadão nunca falou do senhor Ricardo Sérgio de Oliveira, ou Mister Big, o ex-tesoureiro de Serra e FHC  e grande responsável pela engenharia do escândalo e corrupção desvencilhado no livro “A Privataria Tucana”. A velha mídia sempre tratou de esconder o tesoureiro que arquitetou os milionários desvios feitos durante a privatização das estatais do país.

Querem blindar José SERRA. Seria mais sensato o jornal fazer como fez em 2010 e declarar em seu editorial apoio à candidatura de José Serra à prefeitura de São Paulo.

 

Anúncios
Posted in: É notícia