Serra, do Skate à ditadura

Posted on 24 de julho de 2012

2


TUCANOS ACUSAM BLOGS DE PAULO HENRIQUE AMORIM E DE LUIS NASSIF, ENTRE OUTROS, DE DIFAMAR INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS, DEFENDER RÉUS DO MENSALÃO E SERVIR DE INSTRUMENTOS ILEGAIS DE PROPAGANDA ELEITORAL

O PSDB apresentou, nesta segunda-feira, um representação à Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) solicitando investigações sobre o patrocínio de empresas públicas a sites e blogs “caracterizados por elogios excessivos ao PT e ao governo federal” e ataques à oposição. O presidente tucano, deputado Sérgio Guerra, chamou de atentado à democracia brasileira a “parceria” entre estatais e blogs destinados a promover o governo. “Esses blogs financiados com dinheiro público tornaram-se meras extensões do governo e de suas campanhas”, reclamou.

A avaliação dos tucanos é que os sites e blogs indicados no documento (com destaque para o blog Conversa Afiada, do jornalista Paulo Henrique Amorim, e o site do jornalista Luis Nassif) tornaram-se “centrais de coação e difamação das instituições democráticas” e instrumentos ilegais para propaganda eleitoral. “De certo modo, isso é coerente com o que tem sido feito no Brasil – a mistura entre o estatal e o partidário”, analisa Guerra.

A representação destaca que os sites contestam a legitimidade do Supremo Tribunal Federal (STF) para julgar os acusados pelo mensalão (no que seria uma tentativa de defendê-lo) e denuncia a articulação de blogueiros para apoio a candidaturas do PT antes do início do prazo legal para as campanhas eleitorais.

“O financiamento público de organizações, blogs e sites cuja especialidade tem se mostrado a coação e difamação de instituições democráticas configura ato de improbidade administrativa contra os princípios da administração pública da honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições”, argumenta o presidente do PSDB.

O pedido de investigação foi entregue três dias depois de José Serra, candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, acusar o PT de financiar “blogs sujos” e apontar a existência de uma “tropa nazista” na web para atacar adversários.

Fonte:Brasil 247

 

Anúncios