Estadão e seu comitê eleitoral online

Posted on 6 de junho de 2012

0



Estadão e seu comitê eleitoral online

O Fórum de Leitores do Estadão parece ter se tornado um comitê eleitoral de primeira linha. Muitas das publicações por ali feitas lembram os materiais apócrifos distribuídos pelo PSDB em épocas de campanha eleitoral. Uma das cartas que nos chamou atenção é intitulada como “O elo que faltava” – o texto é extenso e tenta de todas as formas (sem convencer), fazer de Lula um grande mentor de supostos escândalos políticos do PT. Um texto sem pé nem cabeça que tem o intuito de desmoralizar na base da mentira, o PT e enfraquecer a candidatura de Fernando Haddad.  Requentar pautas mentirosas é algo típico e costumeiro no período das eleições.

Preconceito, ódio e uma enchente de mentiras

Causa repulsa o preconceito com que o ex-presidente Lula é tratado e a total ignorância com que falam sobre a pobreza do país. Nem mesmo com a utilização de um infográfico seria possível fazer as ligações, ou justificar as opiniões que a carta emite, mesmo porque, tudo que nela é mencionado já foi desmascarado e desmontado.

  • Lula controla a CPI do Cachoeira

Gilmar Mendes declarou que Lula teria o pressionado sobre o julgamento do Mensalão. A reportagem saiu na VEJA (o ministro não formalizou denúncia juntos aos órgãos competentes), mas em menos de 24 horas foi desmentida por Nelson Jobim. O ministro afirmou que o Mensalão não foi pauta na conversa entre o ex-presidente e o ministro, algo ignorado pela grande mídia.

  • Menino do MEP

Mais uma fofoca estapafúrdia publicada de forma irresponsável pela Folha de S Paulo sem apuração alguma dos fatos. A reportagem foi desmentida por meio de nota enviada por Paulo de Tarso (um dos citados no episódio). O publicitário confirmou que a história foi confirmada por Cesar Benjamin.

  • Celso Daniel e Toninho Campos

O ódio da leitora é tão grande que ela incrimina Lula pela morte dos correligionários da sigla petista. Lula não tem qualquer envolvimento com a morte dos citados e tampouco foi citado nos autos dos processos ou passou por qualquer tipo de investigação.

  • BANCOOP

Lula nada tem haver com a Cooperativa Habitacional do Sindicato dos Bancários de São Paulo (BANCOOP). No dia 13 de março, a Justiça em uma decisão unânime, homologou em caráter definitivo o acordo existente entre a BANCOOP e o MP. A decisão foi o reconhecimento das práticas administrativas adotadas na gestão de João Vaccari Neto e da solidez da cooperativa. Outro fato ignorado pelo leitor, é que a BANCOOP já entregou 5697 unidades habitacionais.

  • Mensalão

Novamente a leitora faz vista grossa quanto a veracidade dos fatos –  O grande estopim do Mensalão se deu por meio de um vídeo que foi produzido pela gangue do contraventor Carlinhos Cachoeira, a pedido do Senador Demóstenes que queria se vingar de José Dirceu por não ter conseguido se tornar secretário Nacional de Segurança Pública, algo que significaria legalizar o jogo do bicho no país, atividade já explorada por eles de forma ilícita no reduto goiano . Conforme as palavras de Ernani Paula, ex-prefeito de Anápolis, “Cachoeira filmou, Policarpo publicou e Demóstenes repercutiu”.

Antes de escrever textos meramente opinativos, algumas pessoas deveriam se valer de argumentos sólidos e atuais, ao invés de proferir ataques pessoais baseados em inverdades.

Justiça seja feita

Concluímos fazendo justiça ao ex-presidente Lula. Nunca antes na história deste país, um governo trabalhou tanto pela distribuição de renda e diminuição da desigualdade social. Mandar Lula visitar favela e ir ao nordeste, é mostrar insensibilidade e desconhecimento da situação do Brasil. Os programas sociais – Minha Casa, Minha Vida, Prouni, Luz para Todos, Bolsa Família comprovam a constante preocupação com a justiça social.

Recentemente, em abril deste ano, Lula ganhou o Prêmio Internacional da Catalunha 2012, onde concorreu com 177 personalidades de 57 países. Lula venceu por unanimidade a eleição por sua luta  no combate à pobreza.

Anúncios