Toda a bancada do PT no Senado assina CPI que o PT não queria

Posted on 18 de abril de 2012

0



Saiu no Viomundo

A ideia, o tempo todo, era fazer de conta que o PT não queria a CPI. A foto acima, que ilustra o site do Estadão, faz parecer que a iniciativa foi daqueles que se serviram, o tempo todo, do esquema Cachoeira. Brilhante!

Não tem texto para esta nossa “reportagem”.

A piada é por conta do que se leu nos jornais nos últimos dias.

Divirtam-se com os absurdos publicados, clicando logo abaixo:

O Globo: Dilma se queixa, PT recua e agora já fala em ‘rediscutir’ a CPI

Folha: PT agora tenta adiar CPI do caso Cachoeira

Estadão: Risco da CPI faz base aliada negociar ‘operação abafa’ para poupar políticos

Folha diz que FHC apoia a CPI, mas que PT pensa duas vezes

Agora, para a realidade:

CPI do Cachoeira já recebeu 272 assinaturas

17 de abril de 2012, 20h35m EUGÊNIA LOPES – Agência Estado

Os partidos na Câmara do Deputados acabaram de juntar 272 assinaturas de deputados para a CPI do Cachoeira. Eles estão se dirigindo, neste terça à noite, para a mesa do Congresso, para protocolar, junto com o Senado, o pedido de abertura da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito para investigar as operações do contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Até agora, são 78 assinaturas de deputados do PT; 46 do PMDB; 50 do PSDB; 16 do PR; 25 do PSB; 11 do PCdoB; 27 do DEM; 10 do PPS; 6 do PV e 3 do PSOL. Faltam entregar assinaturas o PDT, o PSD e o PP. Mais cedo, o líder do PT no senado, Walter Pinheiro (BA), informou que já existem 60 assinaturas de senadores para a CPI. Para a criação da CPI são necessárias 171 assinaturas na Câmara e 27 no Senado.

Anúncios