Chalita ataca Serra: “São Paulo não é trampolim”

Posted on 9 de março de 2012

0



Gabriel Chalita (PMDB), pré-candidato à prefeitura de São Paulo, fez duras críticas ao eterno candidato José Serra durante uma palestra em Nova York.

Nesta quinta-feira (08), Chalita esteve na Americas Society e falou para executivos, consultores e educadores sobre os desafios da área de educação do Brasil. Questionado, criticou Serra por ter interrompido, sem mais explicações, programas que havia iniciado quando foi secretário de educação de São Paulo.

O deputado foi além do tema Educação. Falou sobre a necessidade de se melhorar a segurança em SP e citou o Rio de Janeiro como exemplo bem sucedido no combate ao crime – Chalita se referia as favelas pacificadas por meio de ações como ocupação ordenada, a instalação das UPPs e ressaltou que agora – “O que está acontecendo no Rio é que essas favelas, agora em segurança, atraem turistas do mundo inteiro.”

Na palestra, Chalita fez questão de dizer que será crítico de Serra durante a campanha eleitoral. Um dos questionamentos que fará é relacionado ao fechamento das escolas que funcionavam em tempo integral. Indo além das críticas feitas a Serra como gestor, Chalita também mostrou repulsa pela decisão do tucano de nacionalizar a disputa política – “Como se pode usar São Paulo como um trampolim?” Chalita ainda enfatizou a última pesquisa Datafolha, que apontou que mais de 60% do eleitorado não confia em José Serra.

Essa é a pergunta que não quer calar:  José Serra realmente acredita que vai enganar novamente o povo de São Paulo?

Anúncios