2012 – O ano internacional das cooperativas

Posted on 6 de março de 2012

0



Pela primeira vez um ano será dedicado ao setor cooperativista.

Na próxima quarta-feira (14) será lançada em Brasília, na OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), por determinação da ONU, a programação da agenda de discussões de especialistas, governos e empresários para comemoração do Ano Internacional do Cooperativismo. As ações de 2012 serão norteadas pelo slogan “Cooperativas constroem um mundo melhor”.

Em 2011, durante a 64ª Assembleia Geral das Nações Unidas, foi aprovada a resolução sobre “As Cooperativas e o Desenvolvimento Social”, que declarava 2012 como o Ano Internacional das Cooperativas. A ONU reconheceu o cooperativismo como um importante fator para o desenvolvimento econômico e social dos países. Márcio Lopes de Freitas, presidente da OBC, define o sistema cooperativista com as seguintes palavras: “Ser cooperativista é trabalhar em conjunto, ciente de que unidos seremos mais fortes e conquistaremos mais”.

As ações visam uma série de objetivos, dentre eles:

  • Aumentar a consciência pública sobre a importância e benefícios do cooperativismo para o desenvolvimento social e econômico da sociedade;
  • Promover a criação e crescimento das cooperativas;
  • Encorajar os governos a estabelecerem políticas e leis reguladoras que propiciem o crescimento e sustentabilidade das cooperativas.

A ONU sugere que sejam realizadas ações referentes ao empreendedorismo feminino, inclusão dos jovens no mercado de trabalho, que mostrem o cooperativismo como ferramenta de geração de emprego, renda e redução da desigualdade social.

Hoje, apenas no Brasil, são mais de 9 milhões de associados. São 6.652 cooperativas em 13 ramos de diferentes atividades, que juntas, empregam em torno de 298 mil pessoas.

Um dos exemplos de atuação em nosso país é a BANCOOP – Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo, criada em 1996 por membros do sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região para atender a grande demanda por moradia que existia entre toda classe trabalhadora. Desde então, foram mais de 5 mil moradias com preço de custo entregues a diversos trabalhadores. Ainda nos dias atuais, o estado de São Paulo possui o maior déficit habitacional do Brasil. O cooperativismo se mostra como uma excelente alternativa para diminuição dos problemas referentes à moradia de nosso país.

2012 – Ano Internacional do Cooperativismo. Muitos motivos para comemorar.


Anúncios