Efeito Manada

Posted on 27 de dezembro de 2011

0


Efeito Manada

Uma de nossas últimas postagens, falava do poder exercido pela mídia na sociedade. Falava também, que a influência negativa exercida pela mídia, principalmente durante o mandato de João Vaccari Neto, foi altamente prejudicial ao andamento das ações saneadoras e de restruturação da BANCOOP, tomadas pelo então presidente.

A mídia tentou durante os últimos tempos, criar um  Efeito Manada, afim de dificultar os acordos realizados entre os cooperados e a cooperativa, e, desta forma arranhar a imagem de dirigentes ligados ao PT  prejudicar Dilma Roussef nas eleições.

Para ficar mais fácil o entendimento deste temido efeito, vamos fazer algumas simples pontuações:

  • Rebanho (minoria  de cooperados que se recusa a pagar o rateio final): É formado por pessoas unidas por um mesmo vínculo, como por exemplo grupos de investidores do mercado capital;
  • Protetor (José Carlos Blat, o promotoAtor): Aquele que guia o rebanho e serve de baliza para as decisões tomadas, sendo então um grande influenciador e líder;
  • Efeito: Todos se tornam iguais, agem em massa e da mesma forma,optam por deixar de lado a racionalidade;
  • Mercado(a falácia de que a Bancoop desviou dinheiro para um suposto caixa 2): Bem, podemos dizer que é o contexto onde se inserem as peças anteriores. O mercado do grupo de investidores é a Bolsa de Valores.
  • Crise Econômica Mundial, Bolsa de Valores, Holocausto, Bolha Imobiliária nos EUA, são conhecidos exemplos de Efeito Manada.

Segundo Márcia Tolotti, psicanalista, o significado dicionarizado de manada é “um grupo numeroso de pessoas passivas, que se deixam conduzir sem questionamento”.

Falamos a pouco tempo dos avarentos – aquela pequena parcela de cooperados que motivados e influenciados por interesses de grupos políticos, que deixou de efetuar o pagamento do rateio final, prejudicando outros cooperados. O problema é que esta minoria insatisfeita é tratada por certos veículos de comunicação, como sendo uma maioria absoluta, o que é inverídico. Infelizmente, a opção desta minoria tem afetado o grupo de cooperados como um todo, afinal, o sistema em questão é o do cooperativismo. Fora que, fica evidente que estes pseudo líderes subestimam a maioria dos cooperados, pois esperam que estes se deixem levar sem fazer questionamentos.

Vemos então, a clara tentativa da mídia em atingir a cooperativa com o efeito manada. Podemos ainda dizer, que a pretensão real era uma espécie de efeito manada estendido. Dizemos estendido, porque a imprensa queria que a população agisse coletivamente na hora de votar guiada pela ideia disseminada e explicita na frase: “A BANCOOP é hoje uma organização criminosa cuja função principal é captar recursos para o caixa dois do PT” – José Carlos Blat, promotor do caso.

Bem que esta minoria, guiada por José Carlos Blat, que é alinhado aos interesses de José Serra, por sua vez atendidos por alguns veículos, tentou, mas a tentativa de montar um efeito manada, não impediu que a BANCOOP continuasse a efetuar acordos com seus cooperados, e entregar imóveis com escrituras.

São mais de 5000 pessoas que  por meio da BANCOOP  conseguiram realizar o sonho da casa própria, um número muito superior ao de uma minoria que pensa apenas eu seus próprios interesses.

About these ads